sábado, 27 de junho de 2009

Rosas e Vinho Tinto

"Olhando de longe
Parece normal
De perto, distante e um pouco atrás.
Diferente até entre iguais
Eu corro o risco de parecer um pouco tolo
Um ser abissal e um péssimo ator
Falando sem parar naquela coisa cega
Que começa com "a" e termina com "or".
Você é tudo para mim
O príncipio e o fim
Agora vem a verdade
Às vezes eu minto
Como um peixe nadando
Num mar de rosas
E vinho tinto
Horas depois, enquanto me arrependo
Tentando voltar, querendo fugir
Comecei a chorar
Morrendo de rir
Eu me peguei levando a sério
Tudo que eu não tenho
Os melhores momentos que posso sofrer
Aquela sensação que volta misturando
Um pouco demais
Com nada a perder
Você é tudo para mim."

2 comentários:

Tetê disse...

Bom dia, Marcinha!!

E bela música pra começar o dia
!!

Capital Inicial foi uma das primeiras bandas por quem realmente me apaixonei por volta de 1984, algo assim...
Meu filho caçula era um bebê e suas músicas tocavam na rádios do Rio... e tanta coisa boa naquela época...
Nossa!!!


É moça... acordar ressacada de uma droga de periquita de ontem e relembrar de coisas tão passadas, assim,
em pleno sábado...

Só vc mesmo!!
Assim, eu te perdoo!!


Bjuss,
Querida!!!



Hummm... vai café no shopping hj à tarde, que vc acha??

Giselle Almeida disse...

Lindinha!!!! Tempos q não venho aqui né!! Mas oh como estoua qui deixarei umrecadinho!!!!hehehhe
Amo Capital!! Amo essa música tbm!1 vamos sugerir uma noite do vinil com capital e Legião!?? Nossa seria ótima não?? Bjux